Sobre relacionamentos e princesas da Disney

No último jogo “nomear para combater” que fizemos esse ano, chegamos à conclusão, junto com a turma de adolescentes, que meninas aprendem a projetar um relacionamento oferecido por princesas da Disney e meninos aprendem a projetar um relacionamento oferecido por sites e filmes pornográficos… se fosse só a discrepância das referências, já seria perverso… Fomos […]

Quando você está acostumada com privilégios, igualdade parece opressão

“Não tenho medo de nada. Temos que ensinar o medo a ter medo de nós.” Queria poder entoar essa frase da Elza Soares, queria poder, como ela, cantar aos quatro ventos esse atrevimento em enfrentar o medo. Eu não posso, o medo me paralisa, me cala. O medo se impôs. Ele nos apresenta uma realidade […]

Carta para o meu afeto

Demorou mas, faltando 3 dias para a eleição, a tão temida disputa política chegou bem perto de mim… Nós brigamos por telefone, como ele mora longe foi possível esperar a raiva passar, trazer o afeto para perto e só então escrever essa carta. transcrevo-a aqui sem contar quem é o personagem principal porque tenho certeza […]

O pessoal é político

Como nos conta a máxima da segunda onda do feminismo: “o pessoal é político”. Conhecer essa frase me fez perceber que é possível ressignificar o cotidiano e retirar dele o caráter unicamente pessoal. Então, fiz algumas reflexões sobre mal humor doméstico, contas a pagar e satisfações a dar sobre proventos, de forma a provocar alguma […]

Sobre o Deus Capital

Deus: capital Maneira de cultuá-lo: consumo Igreja: mercado Rebanho: consumidores Se, como dizia István Mészáros em seu “Para Além do Capital”, o próprio capital é o deus de nossa sociedade, então, a maneira de adorá-lo e cultuá-lo está no ato de consumir. O consumo acontece em nossa sociedade de maneira fervorosa. agimos como quem tem […]

Cada privilégio meu é a supressão do direito de alguém e esse alguém é provavelmente uma pessoa negra. E eu sou diretamente responsável por isso.

Eu demorei muito tempo para perceber o racismo institucionalizado, demorei porque pude demorar, sou branca, classe média e sempre vivi cheia de privilégios que entendia como direitos… Me dei conta, em uma de minhas imensas conversas com a minha amiga militante, jornalista, feminista, documentarista, Maitê Freitas, que eu, mesmo tendo sido formada dentro da bibliografia […]